Tinta para cabelo deixa rosto de jovem francesa deformado

Estudante teve reação alérgica severa a um dos componentes da tintura

Pleno.News - 03/12/2018 19h34

Jovem sofreu reação alérgica à tintura de cabelo Foto: Reprodução/Le Parisien

Uma jovem francesa levou um grande susto após utilizar uma tintura para cabelos. Estelle, de 19 anos, ficou com o rosto deformado e quase morreu depois de sofrer uma reação alérgica severa ao produto.

– Eu não conseguia respirar. Fiquei com uma cabeça de lâmpada – contou Estelle à revista Le Parisien.

Estelle também contou que fez o teste de contato antes de aplicar o produto. No entanto, ela não respeitou o tempo de intervalo entre o teste e o uso, que era de 48 horas, e começou a utilizar a substância após 30 minutos.

Ela conta que a reação alérgica foi quase imediata, e começou com uma sensação de queimação no couro cabeludo, seguida de inchaço. Estelle então tomou antialérgicos e dormiu. Somente no dia seguinte é que ela percebeu a gravidade da situação e foi levada às pressas para o hospital.

– Antes de chegar ao hospital, você simplesmente não sabe quanto tempo levará para se sufocar, se terá tempo para ir ao hospital ou não – disse a jovem, que ainda teve que tomar uma dose de adrenalina e ficar em observação por uma noite.

Já na emergência, os médicos descobriram que a substância que causou a alergia se chama parafenilenodiamina, ou PPD. O componente é comum em tinturas para cabelo e podem causar reações alérgicas severas, como a de Estelle.

Hoje a jovem faz um alerta para as pessoas pesquisarem os produtos químicos que usam, sobretudo os cosméticos.

– Agora, minha maior mensagem é dizer às pessoas para serem mais atentas com produtos como este, porque as conseqüências podem ser fatais – declarou a francesa.

LEIA TAMBÉM+ Nomes diferentes de esmaltes atraem público feminino
+ Tons de rosa e animal print são tendências do verão 2019
+ Cantoras do gospel contam porque assumiram os cachos


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo