Leia também:
X PSL oficializa candidatura de Luiz Lima à prefeitura do Rio

Deputados denunciam ‘artista’ que fez escultura de Bolsonaro

Obra faz parte de iniciativa contra os também presidentes Trump e Putin

Rafael Ramos - 13/09/2020 12h35 | atualizado em 13/09/2020 15h53

“Obra de arte” mostra a cabeça decepada de Bolsonaro Foto: Reprodução

A deputada federal Bia Kicis usou suas redes sociais para denunciar a obra do artista Marcello Tamaro. Proprietário da empresa Gorila Company, ao lado de Pedro Millas, ele criou uma cabeça degolada do presidente Jair Bolsonaro.

– Que coisa mais asquerosa. É o famoso “ódio do bem” que passa desapercebido pelos defensores da “democracia”. Uma criança segurando a cabeça do presidente Jair Bolsonaro. E se fosse a cabeça da Marielle? Ou do Lula? Ou de algum ministro do STF? Mas os intolerantes somos nós – retrucou a parlamentar.

Uma das imagens que circula na internet mostra uma criança segurando a peça e Marcello disse que pretende jogar um futebol com a cabeça do chefe do Executivo. O pastor e deputado federal Marco Feliciano também denunciou o caso em suas redes sociais e acusou Marcello e Pedro de tentarem contra a vida do chefe do Executivo.

– Absurdo! Isso não é arte, é atentado contra a vida do presidente da República. Depois querem nos acusar de “discurso de ódio”. Vem cá, então isso para as redes sociais é “liberdade de expressão”? Isso pode, né? – questionou Feliciano, que recebeu o apoio de seus seguidores nos comentários da postagem.

O artefato faz parte da mostra Freedom Kick (Chute de Liberdade) promovida pelo grupo Indecline (Em Declínio), que se define como um coletivo de arte ativista e de protesto. Nesta segunda (14), eles exibirão as cabeças de Bolsonaro, do presidente americano Donald Trump e do presidente russo Vladimir Putin.

View this post on Instagram

Monday, 9/14 we’ll be releasing all 3 installments of our biggest project to date, a global collaboration with artist @eugeniomerinoestudio entitled, FREEDOM KICK. Over a year in the making. 3 countries. 3 of the biggest tyrants the world has ever seen. Nothing we’ve ever done compares to this in terms of scale and risk, so come see us Monday. Much love, INDECLINE

A post shared by INDECLINE (@indeclineofficial) on

No vídeo de divulgação do projeto, eles afirmam que os três líderes são “os maiores tiranos que o mundo já viu”. Apesar do conceito macabro da obra, o Indecline se defende dizendo que “nada do que já fizemos se compara a isso (a suposta tirania dos presidentes) em termos de escala e risco”.

Leia também1 PSL oficializa candidatura de Luiz Lima à prefeitura do Rio
2 Trump dá parabéns a banco que tirou empregados de home office
3 Jair Renan, filho de Bolsonaro, se reúne com partido político
4 Bolsonaro almoça com aliados no Palácio da Alvorada
5 Ministro Tarcísio diz que era ninguém antes de Bolsonaro

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.